Semente de Girassol: a semente aliada ao emagrecimento.

Semente de Girassol e seus benefícios:

Engana-se quem acha que a semente de Girassol é comida de passarinho.Essa semente de sabor delicado,baixo custo,possui propriedades muito importantes para a saúde e qualidade de vida.Hoje em nosso blog iremos mostrar alguns dos diversos benefícios desta poderosa semente.
A semente de Girassol possui diversos benefícios a saúde como por exemplo.
1) Auxilia no controle do mau colesterol. Devido as ricas propriedades da semente ela evita que o mau colesterol fixe nas paredes das artérias.
2) Ajuda no ganho de massa muscular . É isso mesmo esta pequena semente é rica em proteínas e uma porção de 100g da semente possui mais de 2g de proteína, que são as responsáveis pelo ganho de massa muscular. A semente de girassol também é rica em vitamina E que auxilia na recuperação muscular pós-treino.
3) Auxilia no combate a prisão de ventre. Por ser uma semente rica em fibras a Semente de Girassol é muito indicada no combate ao intestino preso que acaba dando muitas vezes a sensação de inchaço,com a semente de Girassol melhora o funcionamento do intestino e auxilia na redução do inchaço.
4) Previne câncer. Acreditem estudos mostram que o câncer esta muito ligado com a baixa ingestão de selênio e a Semente de Girassol é uma rica fonte de selênio  que se mostra capaz de induzir o reparo do DNA e a síntese de células danificadas.Em apenas 1/4 de xícara de semente de Girassol conseguimos a ingestao de pelo menos 30{0f0c6236818577b233c3dc8be170dde4c77ab0460c366bd7ab2ff956a9e4b432} do valor diário indicada de selênio.
5) Auxilia no controle e perda de peso. A semente de girassol pode ser consumida entre as principais  refeiçoes do dia (almoço e jantar) aumentado assim a sensação de saciedade o que resulta na ingestão de menores porções de comida tanto no almoço quanto no jantar.

Correr: 13 motivos para você começar já

Correr sempre foi seu sonho. Mas a falta de tempo, o fôlego curto e a preguiça acabam adiando até a passadinha no shopping para a compra de um tênis novo. Você nem imagina o que está perdendo , afirma Valéria Alvim, especialista em fitness do Minha Vida.

Esse esporte é uma atividade física completa, que faz bem ao corpo todo.

Duvida? Então confira abaixo a lista de benefícios que o exercício proporciona a você. Mas não se deixe enganar: para usufruir de tudo isso, é necessário dar piques regulares. O ideal para quem está começando é correr em dias alternados, de três a quatro vezes por semana, e fazer outra atividade aeróbia como bicicleta e natação nos outros dias , sugere Valéria. Se você já corre há muito tempo, vale fazer treinos mais puxados e específicos de três a quatro vezes por semana e treinos moderados ou leves nos outros dias.
A personal trainer informa que o tempo também pode variar de acordo com o condicionamento físico do aluno, as necessidades e os objetivos dele. Mas é possível ter benefícios com 30 a 60 minutos a cada prática. Em todos os casos, entretanto, a musculação e os alongamentos são essenciais para dar um bom suporte ao corpo, além de ajudar a melhorar a performance na corrida , completa. E, antes de começar, não deixe de ir ao médico e fazer uma avaliação física. Isso vai prevenir lesões e outros problemas de saúde que podem prejudicar a sua motivação.
1. Coração: a corrida exige que o coração aumente o fluxo de sangue para todo o corpo. As fibras do músculo se fortalecem e a cavidade aumenta. Há uma hipertrofia excêntrica do miocárdio (alteração na parede e na cavidade do ventrículo esquerdo) melhorando a ejeção sanguínea. Desta forma o coração bombeia mais sangue com menos batidas, se tornando mais eficiente. Com o aumento da circulação sangüínea pelo corpo, cresce a entrada de oxigênio nos tecidos.
2. Pulmões: correr faz com que o volume de ar inspirado seja maior, aumentando a sua capacidade de respiração. Há também um aumento da quantidade de oxigênio absorvido do ar atmosférico.
3. Ossos: estimula a formação de massa óssea, aumentando a densidade óssea evitando problemas como a osteoporose.
4. Pressão arterial: correr estimula a vasodilatação, o que reduz a resistência para a circulação de sangue. Há trabalhos específicos para alunos hipertensos, como trabalhar a velocidade em terrenos planos. Uma maneira de diminuir a sua pressão é trabalhando a velocidade em terrenos plano.
5. Cérebro: aumenta os níveis de serotonina, neurotransmissor que regula o sono e o apetite. Em baixas quantidades, essa substância está associada ao surgimento de problemas como a depressão.
6. Peso: quanto maior a intensidade do exercício maior a queima calórica e de gordura. A corrida ajuda a gastar muitas calorias, favorecendo a perda ou manutenção do seu peso. Em uma hora de treino, um atleta chega a queimar até 950 calorias.
7. Colesterol: diminui os níveis de LDL (colesterol “ruim”). Corredores de longas distâncias têm o nível mais alto de HDL (colesterol bom ), encarregado de transportar os ácidos graxos no sangue e de evitar o seu depósito nas artérias.
8. Estresse: com a corrida, há liberação do hormônio cortisol, aliviando o estresse e a ansiedade.
9. Sono: fazer atividade física, melhora a qualidade de sono. Correr faz a pessoa dormir melhor. Após o exercício, o corpo libera endorfina, substância que provoca a sensação de bem-estar e ajuda a relaxar.
10. Músculos: a corrida ajuda a melhorar a resistência muscular e também queima a gordura dos tecidos musculares, deixando-os mais fortes e definidos.
11. Rins: com o aumento da circulação, há também uma melhora da função dos rins, que filtram o sangue e reduzem o número de substâncias tóxicas que circulam pelo corpo.
12. Articulações: correr torna a cartilagem das articulações mais espessa, o que protege melhor essas regiões tão frágeis do nosso corpo.
13. Aumenta a libido: após 30 minutos de corrida, há um aumento da testosterona que permanece assim, por mais uma hora aproximadamente. No caso das mulheres, também há um aumento dos hormônios relacionados ao desejo, além de aumentar a auto-confiança.

Benefícios da água de coco

Com aumento da temperatura e a baixa umidade relativa do ar torna-se importante um cuidado maior com a hidratação do corpo, uma vez que as perdas de água pelo organismo tornam-se maiores.
A água de Coco além de refrescante e deliciosa ela contém muitos benefícios, é rica em sais minerais e nutrientes. Em 100 ml apresenta cerca de 250 mg de potássio (a porcentagem total das necessidades diárias) e 105 mg de sódio (metade do valor recomendado por dia), além de boas doses de cálcio, magnésio e vitamina C. Por isso, é considerada um isotônico natural, ideal para repor os líquidos e os sais perdidos através do suor durante a prática de atividades físicas. Venha se refrescar!!!