gestação e alimentação

Gestação e Alimentação

Gestação e Alimentação

Gestação não é a época para fazer dietas e nem perder peso, mas não significa comer em excesso.

A gestação é um período muito especial e particular na vida de uma mulher. Para nos auxiliar sobre as necessidades nutricionais das gestantes convidamos aqui o Dr. Marcelo Arantes.
A gestação não é época para fazer dietas restritivas e nem pensar em perder peso, mas também não significa comer em excesso ou “comer por dois”.
A perda ou o excesso de peso nessa fase pode trazer prejuízos tanto para a saúde da criança quanto da mãe.  Confira os principais nutrientes a serem consumidos em todas as fases da gestação.

  •  Primeiro trimestre: Ácido fólico (ou vitamina B9). Sua ingestão previne defeitos na formação do tubo neural do feto (estrutura que dará origem ao cérebro e à medula espinhal).
  • Segundo trimestre: Vitamina C – ela age na formação do colágeno, que compõe pele, vasos sanguíneos, ossos e cartilagem. Magnésio – o mineral favorece a formação e o crescimento dos tecidos do corpo. Vitamina B6 – importante para o crescimento e o ganho de peso do feto. Também auxilia na prevenção da depressão pós-parto. Ferro – é essencial na produção de hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio pelo sangue.
  •  Terceiro trimestre: Cálcio – por conta de seu papel na formação óssea do bebê, o mineral é nutriente obrigatório na dieta da futura mãe, além de auxiliar a produção de leite após o parto. Uma dica: evite consumir fontes de ferro e cálcio juntas, como carne e leite, pois um nutriente atrapalha a absorção do outro.

Caso tenha alguma dúvida consulte o seu médico.